Partilhar

Como saber se o salmão está estragado

Por Sara Viega. Atualizado: 8 agosto 2018
Como saber se o salmão está estragado

O salmão está no topo da lista de peixes azuis, sendo uma alternativa deliciosa e muito nutritiva. Cheio de importantes benefícios para a saúde, é uma excelente fonte de ácidos graxos Ômega 3 e óleos essenciais; no entanto, para obter o melhor dele é importante consumi-lo fresco. Está em dúvida se esse pedaço de peixe está ou não em bom estado? Em umComo.com.br explicamos a você como saber se o salmão está estragado em simples passos.

Também lhe pode interessar: Como saber se o tofu está estragado
Passos a seguir:
1

Uma das formas mais rápidas de saber se o salmão está estragado é avaliar a sua aparência. Um pedaço de salmão fresco deve ter uma cor intensa laranja ou rosa, que sob nenhuma circunstância deve ser pálida ou opaca; se este for o caso sua frescura já não é a mesma e portanto convém não ingerir.

Como saber se o salmão está estragado - Passo 1
2

Outra qualidade presente quando o salmão está estragado são as manchas escuras ou brancas em sua carne. Novamente, a cor do salmão deve ser, além de intensa, uniforme. Quando ao longo da peça encontramos várias partes manchadas, o melhor é não consumir.

3

As linhas brancas presentes tipicamente no salmão são as que ajudam a manter a firmeza da peça quando ela se encontra fresca. No entanto, à medida que os dias vão passando e o alimento vai se decompondo, estas linhas vão perdendo as suas propriedades, separando-se pouco a pouco. Se ao pegar o salmão cru você notar que não está firme e que a carne parece separada, como se estivesse quebrada, o alimento já não é apto para seu consumo.

4

Além disso, não podemos deixar passar um dos sinais mais óbvios quando o salmão está estragado: o cheiro. Ele nunca deve ser intenso, desagradável ou fétido, mas sim com um leve cheiro de peixe. Se essa peça de salmão que está disposto a cozinhar tem um cheiro muito forte, o melhor é se desfazer dela e evitar possíveis intoxicações alimentares.

5

Caso tenha adquirido um salmão completo que ainda conserva a cabeça, os olhos são um bom identificador para garantir sua frescura. Eles devem ser brilhantes, com uma pupila adequadamente escura, estar salientes e não afundados na cavidade ocular e principalmente transparentes, sem nenhum tipo de mancha. Se não reúne estas condições, é provável que o salmão já não esteja fresco.

Leitura complementar: Alimentos que se podem comer depois de vencidos

6

Depois de ter a certeza que o salmão está em bom estado, pode começar a prepará-lo. Em umComo.com.br damos algumas ideias para que o cozinhe de forma deliciosa; descubra como cozinhar salmão fresco ou a receita para preparar salmão marinado. Bom apetite!

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como saber se o salmão está estragado, recomendamos que entre na nossa categoria de Comida e Bebida.

Escrever comentário sobre Como saber se o salmão está estragado

O que lhe pareceu o artigo?

Como saber se o salmão está estragado
1 de 2
Como saber se o salmão está estragado

Voltar ao topo da página