Partilhar

O que são bivalves

Por Nídia do Carmo. Atualizado: 16 janeiro 2017
O que são bivalves
Imagem: ixigo.com

Os animais bivalves apresentam uma concha com duas metades (ou valvas). Estas espécies pertencem ao grupo dos moluscos, que são animais com corpo mole. Os bivalves variam em tamanho, cor e formato - pequenas conchas podem medir apenas um milímetro e meio, enquanto que os mexilhões gigantes podem chegar a medir mais de um metro e pesar mais de duzentos quilogramas. Como o peixe, os bivalves são ricos em proteína e possuem um baixo teor de gordura. São, também, ricos em em sais minerais como cálcio, o zinco e o selênio. Aprenda o que são bivalves e o que pode fazer com eles, neste artigo umComo.

Também lhe pode interessar: Quais são os peixes brancos

Tipos de bivalves

Dentro deste grupo animal, destacam-se a amêijoa, a conquilha, o berbigão, a ostra, a vieira e o mexilhão. Existem, contudo, cerca de quinze mil espécies de bivalves que chamamos de marisco. Podem viver em água salgada ou água doce e alimentam-se de algas e fitoplâncton.

O que são bivalves - Tipos de bivalves
Imagem: ktz.pt

Bivalves e a sua saúde

Na maioria dos casos, a maneira como se prepara o bivalve determina o seu teor em gordura. Cozendo, grelhando ou assando faz com que a refeição seja pouco calórica do que uma fritura. O molho também determina o número de calorias do prato: umas gotas de limão serão sempre mais saudáveis que um molho coquetel. Especialistas dizem que o marisco tem elevado teor de colesterol. No entanto, estudos recentes sugerem que há, em algumas espécies, potencial de redução de colesterol no organismo. Aparentemente, a amêijoa é um deles, já tendo sido identificada como tendo um bom resultado no tratamento da anemia (por ser rica em ferro e vitamina B12, indispensável à formação de glóbulos vermelhos). Os mariscos são, como o peixe, uma importante fonte de ácidos gordos essenciais como ômega 3. Estes ácidos conferem proteção do aparelho cardiovascular e são igualmente importantes para manter as membranas das células cerebrais e da retina saudáveis. O selênio, quando em conjunto com a vitamina E, promove o crescimento do organismo e, como antioxidante, previne o câncer. Este nutriente está presente em bivalves como berbigão, mexilhão e vieira). O zinco contribui muito para a cicatrização de feridas e para o desenvolvimento dos órgãos reprodutores. Os bivalves são, também, muito ricos em vitaminas do complexo B. Oferecem um contributo significativo para o metabolismo celular na manutenção da saúde de nervos, pele, boca, olhos, fígado e intestinos.

O que são bivalves - Bivalves e a sua saúde
Imagem: frijobel.pt

Preparando bivalves

Apesar de poderem ser usados para diferentes coisas como a extração de pérolas para fazer jóias, o destino principal dos bivalves é o nosso prato. Existem várias receitas deliciosas de bivalves. Para aprender a fazer algumas, confira como fazer amêijoas em molho verde, como fazer mexilhões à marinheira, e como cozinhar navalhas.Se não está acostumado a preparar bivalves, há determinados perigos que deve ter em atenção. O marisco é uma delícia, mas apresenta riscos para a sua saúde. Aprenda como identificar mariscos em mau estado para proteger a sua saúde a a da sua família na hora de comer.

O que são bivalves - Preparando bivalves
Imagem: receitasnarede.com

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que são bivalves, recomendamos que entre na nossa categoria de Comida e Bebida.

Escrever comentário sobre O que são bivalves

O que lhe pareceu o artigo?

O que são bivalves
Imagem: ixigo.com
Imagem: ktz.pt
Imagem: frijobel.pt
Imagem: receitasnarede.com
1 de 4
O que são bivalves

Voltar ao topo da página