Partilhar

Como conservar gengibre

Como conservar gengibre

O gengibre é um produto que, por conta de suas múltiplas propriedades e benefícios para a saúde, cada vez está sendo mais introduzido na culinária. Seu uso, além disso, é variado, e ele pode ser adicionado a diferentes receitas na intenção de facilitar o consumo da especiaria. Uma de suas desvantagens, porém, está em saber como conservá-lo da melhor maneira possível, para que não perca nenhuma de suas propriedades e o tenha sempre disponível para uso na cozinha.

Neste post do umCOMO, te explicamos como conservar gengibre para que você possa colocar esses conselhos em prática e para que o alimento nunca fique em falta dentro da sua casa. Até porque são várias as formas de conservar o gengibre, seja fresco, em forma de azeite ou de outras maneiras. Seja qual for a sua escolha, você conseguirá deixar o ingrediente perfeito e tão fresco quanto no dia em que o levou para casa.

Também lhe pode interessar: Como usar o gengibre na cozinha

Propriedades do gengibre e seus benefícios

O gengibre é um dos produtos alimentícios mais completos que existem. Além de ser uma das maiores fontes de vitaminas B6 e C, também possui minerais como cálcio, potássio, magnésio e fósforo em sua composição. Para completar, o gengibre é rico em substâncias fenólicas, como shogaols, gingerois e zingerona, e também em ácido linoleico e enzimas proteolíticas. Essa composição permite que, entre as propriedades e benefícios do gengibre estejam:

  • Melhora do sistema digestivo: o gengibre ajuda na eliminação e bactérias e microorganismos intestinais, como o Helicobacter pylori, além de reduzir as náuseas e ajudar a evitar o mau hálito quando ele tem origem em problemas digestivos ou estomacais.
  • Fortalece o sistema imunológico: o gengibre ajuda na prevenção de gripes e resfriados, pois atua nas glândulas sudoríparas e ajuda na eliminação desses patógenos por meio do suor. Além disso, os gingerois são capazes de inibir o crescimento de célular cancerígenas, de acordo com uma série de estudos.
  • Ativa a circulação: o consumo de gengibre favorece a circulação sanguínea e é útil para prevenir doenças cardiovasculares.
  • Melhora o tecido muscular: por conter minerais, o gengibre ajuda a fortalecer os músculos e prevenir o surgimento de espasmos.
  • Cuida das articulações: o gengibre ajuda a reduzir a dor e o inchaço que acometem articulações, graças aos gingerois. Dessa forma, o consumo do alimento é recomendado em casos de artrites e reumatismo.

Aqui te mostramos mais sobre quais são as propriedades do gengibre.

Como conservar gengibre fresco

Em geral, é comum que para cozinhar dentro de casa as pessoas optem por comprar o gengibre fresco, e é importante saber como conservá-lo da melhor forma possível para que o produto não perca suas propriedades. No boca a boca, são diversos os métodos de conservação da especiaria que as pessoas têm conhecimento. Mas, afinal, como conservar gengibre fresco? O jeito mais eficaz é este que vamos te explicar a seguir que, além de tudo, é mais simples que outros.

  1. Pegue o gengibre fresco e sem descascar, e o envolva em papel absorvente de cozinha ou em guardanapos de papel.
  2. Coloque o gengibre dentro de um saco plástico com fecho hermético, desses que são vendidos para serem usados em alimentos.
  3. Coloque o saco plástico na gaveta de verduras da geladeira ou freezer.

Dessa forma o gengibre conseguirá se manter fresco e pronto para uso por cerca de 3 semanas, tempo mais do que suficiente para ser consumido. Uma das formas mais comuns de se consumir gengibre é preparando chás e infusões e, caso seja de seu interesse, vale dar uma olhada no nosso artigo como preparar um chá de gengibre fresco.

Outras formas de conservar gengibre

Além do sistema de conservação que explicamos acima, o gengibre também pode ser conservado de outras formas igualmente eficientes, ainda que um pouco mais trabalhosas:

Como conservar gengibre ralado

Esta é outra opção, mas como se conserva gengibre ralado? Fácil. O que você precisa fazer é ralar o gengibre logo depois de comprá-lo, e colocar o produto já ralado dentro da sacola plástica, protegido em papel, para depois guardá-lo na gaveta de legumes da geladeira ou freezer. Aqui, é possível preparar várias porções diferentes de gengibre ralado, de acordo com a quantidade que você irá usar para cozinhar. Assim, você não vai precisar tirar da geladeira a sacola plástica inteira a cada vez que for usá-la.

Conservar o gengibre em azeite

Conservar gengibre em aceite é um pouco mais complexo, porque você terá de colocar um recipiente com azeite e gengibre ralado dentro do forno, em uma temperatura de 65ºC durante, aproximadamente, 2 horas. Depois que a mistura esfriar, você terá que guardar muito bem esse azeite em uma garrafa, sendo necessário coá-lo previamente para remover os restos da raiz. Desse modo, o gengibre irá durar cerca de 6 meses, e ele é alternativa ideal para preparar receitas com gengibre como saladas, já que ele funciona como tempero e dá um toque diferente de sabor.

Conservar gengibre cristalizado

Conservar o gengibre cristalizado leva mais tempo do que conservá-lo fresco, porque a cristalização é um processo mais trabalhoso que as maneiras anteriormente descritas. Para isso, você vai precisar de quatro vezes a quantidade de açúcar e o dobro de água, tomando como base a quantidade de gengibre que será cristalizado. O processo todo consiste em:

  1. Descascar e cortar o gengibre em rodelas finas
  2. Colocá-lo em uma panela com água até que chegue a ponto de ebulição
  3. Deixá-lo cozinhar em fogo lento até que esteja macio. Cerca de 60 minutos serão necessários.
  4. Deixar escorrer
  5. Preparar a calda, colocando açúcar e água em uma panela
  6. Quando o açúcar dissolver, adicione o gengibre
  7. Espere cerca de 90 minutos para cozinhar ou até que a calda esteja quase seca
  8. Tire o gengibre e coloque-o sobre papel vegetal de cozinha até esfriar
  9. Pegue o gengibre e o envolva em açúcar, como se fosse uma jujuba.
  10. Coloque os gengibres cristalizados dentro de uma jarra ou pote de vidro bem fechados, e depois guarde-os em um armário ou dentro da geladeira.

Nesta receita do umCOMO você pode aprender mais sobre como fazer gengibre cristalizado.

Como conservar gengibre - Outras formas de conservar gengibre

Como conservar o gengibre por mais tempo

As diferentes formas de conservar o gengibre fazem com que seu prazo de validade seja extenso, e o produto pode chegar a aguentar por até seis meses antes de estragar (no caso do gengibre em forma de azeite, por exemplo). Porém, é possível prolongar ainda mais a vida útil desse ingrediente.

Conservar o gengibre fresco por mais tempo

Como conservar o gengibre por mais tempo? A dica é simples: basta seguir os passos que ensinamos na seção intitulada “como conservar o gengibre fresco”, mas guardando a sacola plástica no freezer em vez de colocá-la na geladeira. Assim, você pode prolongar o período de seis meses, usando aos poucos as porções congeladas.

Conservar o gengibre por mais tempo: chips ou desidratado

Outro jeito de fazer o gengibre durar por mais tempo é desidratando o produto, mesmo que dessa forma ele já não vai estar mais tão fresco, e acabar perdendo algumas de suas propriedades. Ele pode ser desidratado no forno ou no microondas, e para isso você vai precisar cortá-lo em rodelas finas, colocá-las separadas em uma bandeja ou prato grande, apto para o eletrodoméstico usado, e deixá-lo lá pelo tempo necessário para que perca o máximo possível de água, ficando seco e crocante. Recomendamos que você escolha uma potência média e vá olhando o gengibre até perceber que ele está com a textura desejada. Essa é a melhor alternativa para preparar chips de gengibre e consumi-los como aperitivos.

Com os conselhos que demos aqui no umCOMO, esperamos ter te ajudado a sabe como conservar o gengibre, bem como as diferentes maneiras de fazê-lo. Mesmo assim, é sempre melhor comprar os alimentos nas quantidades exatas para consumo, para que você não precise conservá-los. Embora eles mantenham grande parte de suas propriedades, é preferível que você consuma produtos alimentícios da maneira mais fresca possível.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como conservar gengibre, recomendamos que entre na nossa categoria de Comida e Bebida.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Rhem
Muito informativo, obrigado.

Como conservar gengibre
1 de 2
Como conservar gengibre

Voltar ao topo da página