Partilhar

Como adaptar pratos tradicionais a versões vegetarianas

 
Por Paula Cassandra. Atualizado: 24 julho 2019
Como adaptar pratos tradicionais a versões vegetarianas

O Brasil é famoso pela sua variedade gastronômica, sendo que os pratos típicos mudam conforme a região do país. No entanto, uma coisa que muitos pratos bastante consumidos têm em comum é o fato de contarem com algum tipo de carne. Mas como tem aumentado o número de pessoas vegetarianas e mesmo que estão reduzindo o consumo de proteína animal, muitos desses pratos estão ganhando versões sem o nutriente. Para saber como adaptar pratos tradicionais a versões vegetarianas confiras as dicas que o umComo.com.br reuniu sobre o assunto e que vão ajudar você a variar os pratos sem carne.

Também lhe pode interessar: Como fazer feijoada vegetariana
Passos a seguir:
1

Com criatividade praticamente todas as receitas podem ganhar versões vegetarianas, mesmo quando se fala nos pratos tradicionais da culinária brasileira. O cuscuz paulista, por exemplo, é um exemplo que é adaptado à versão sem carne com muita simplicidade. A receita que costuma receber sardinha ou atum pode simplesmente deixar de fora esse ingrediente, já que são vários os legumes que são usados normalmente no seu preparo, como milho, ervilha, tomate, pimentão, palmito, além de ovos.

Como adaptar pratos tradicionais a versões vegetarianas - Passo 1
2

A moqueca, por exemplo, outro prato típico, inclusive de estados da Bahia e do Espírito Santo, é preparada com peixe, mariscos ou frango. Porém, a mesma receita deliciosa pode ser feita com a eliminação desses ingredientes, os quais podem ser substituídos pela banana da terra e pelo palmito. Com o caldo da moqueca é tradicional também preparar o pirão, outro prato tradicional, que também fica vegetariano com a moqueca sem carne. A moqueca pode ser feita ainda com cubos de caju, cogumelo shimeji e castanha-de-caju.

3

Até mesmo a feijoada, um prato brasileiro muito conhecido e apreciado por receber uma grande variedade de cortes de carne, nem sempre os mais nobres, pode ser feita mesmo sem a proteína animal. Para adaptar o prato tradicional à versão vegetariana basta substituir o nutriente por legumes, tofu defumado, proteína de soja e shitake. Outra dica é trocar as carnes por cogumelo-de-paris, couve de Bruxelas e ricota defumada seca.

4

Já o baião de dois, receita tradicional principalmente do nordeste brasileiro, conta com o bacon, linguiça, carne seca, entre outras opções. No entanto, junto com a combinação de arroz e feijão é possível acrescentar legumes como a cenoura e o chuchu cortados em cubos, a banana verde e queijo de coalho. O bobó de camarão, mais uma iguaria brasileira, pode ser feito de outra maneira também muito tradicional, que é com feijão e aipim (mandioca) ou inhame. Outra dica é usar mais uma vez a banana verde ou o cogumelo shimeji e o brócolis.

5

O escondidinho, por sua vez, conhecido por contar com um purê de mandioca que esconde algum tipo de carne, como frango ou carne seca, pode esconder na versão vegetariana palmito e cogumelo-de-paris ou vegetais. Outra opção é preparar o prato com um purê de abóbora. O estrogonofe, outro clássico, inclusive, quando recebe filé mignon, fica delicioso ainda quando ao invés de carne recebe banana-da-terra, palmito e proteína de soja junto ao creme de leite.

Como adaptar pratos tradicionais a versões vegetarianas - Passo 5
6

Uma das paixões nacionais, a lasanha, já é conhecida por sua versão vegetariana, que ganha toda a variedade de legumes, como tomate, brócolis, espinafre, alcachofra e mesmo frutas secas, acompanhando um delicioso molho de tomates ou molho branco e queijo. Também é possível usar proteína de soja para substituir a carne. O vatapá, que também é uma especialidade baiana, costuma receber frutos do mar, peixes ou frango, mas aqui pode ser feito com fubá, coco, pão integral, amendoim e proteína de soja.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como adaptar pratos tradicionais a versões vegetarianas, recomendamos que entre na nossa categoria de Receitas.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Como adaptar pratos tradicionais a versões vegetarianas
1 de 3
Como adaptar pratos tradicionais a versões vegetarianas

Voltar ao topo da página