menu
Partilhar

Acompanhamentos para açaí

 
Por Letícia Lima. 1 dezembro 2020
Acompanhamentos para açaí

Nativo da Floresta Amazônica, o açaí é um fruto que se destaca, segundo especialistas do International Journal of Nutrology[1], por ser um "[...] alimento funcional cuja polpa apresenta elevado valor energético por conter alto teor de lipídios como Ômegas 6 e 9, além de carboidratos, fibras, vitamina E, proteínas, minerais [...] e grande quantidade de antioxidantes. [...] Os componentes do açaí parecem ter efeitos benéficos como anti-inflamatório, no perfil imunológico, na dislipidemia, no diabetes tipo 2, na síndrome metabólica, no câncer e no envelhecimento." Consumido na região Norte do país apenas com farinha e acompanhando outros pratos, no Sul e Sudeste o açaí se popularizou em sua forma congelada e com acompanhamentos. Desfrute nos benefícios e do sabor desse fruto e descubra os melhores acompanhamentos para açaí.

Também lhe pode interessar: Como cozinhar tempeh

Acompanhamentos para açaí

Como incrementar o açaí? Existem diversas opções de complementos para açaí muito saborosos e nutritivos que são ótimos para deixar o alimento mais completo. Abaixo você poderá conferir alguns deles:

Açaí com frutas

O açaí fica delicioso quando acompanhado com outras frutas. As mais tradicionais frutas para acompanhar açaí são banana e morango, mas você também pode adicionar:

  • Kiwi;
  • Manga;
  • Mamão;
  • Abacaxi;
  • Uvas sem semente.

Confeitos para açaí

Os confeitos são balinhas, chocolates e outros doces que podem ser adicionados ao açaí. Algumas de nossas sugestões são:

  • Paçoca;
  • Gotas de chocolate;
  • Confete de chocolate;
  • Bolinhas de chocolate;
  • Balas de goma;
  • Jujubas;
  • Granulado;
  • Castanhas açucaradas;
  • Leite ninho;
  • Leite condensado;
  • Farofa de castanhas;
  • Granola.

Cremes para acompanhar açaí

Cremes a base de frutas e castanhas são uma ótima opção de acréscimos para açaí. Veja algumas ideias:

  • Creme de cupuaçu;
  • Creme de banana;
  • Creme de amendoim;
  • Creme de morango.

Caldas de sorvete também costumam ser boas opções de acompanhamentos de açaí para quem gosta dele mais doce.

Acompanhamentos para açaí - Acompanhamentos para açaí

Açaí fitness: complementos para açaí

De acordo com nutricionistas[2], o açaí é um ótimo alimento para aqueles que fazem atividade física, tanto no pré como no pós treino. Como pré-treino, o alimento oferece muita energia e como pós-treino aporta glicose ao organismo. Por ser antioxidante e anti-inflamatório, é muito bom para atletas ou praticantes de esportes e musculação.

Boas opções de complementos para um açaí fitness incluem Whey Protein, fonte de proteínas que são essenciais para a construção de massa muscular, bem como a chia e a granola sem açúcar, que são fontes de fibras e farão que o açúcar do açaí seja processado mais lentamente pelo organismo, evitando picos de glicose. Também é possível adicionar banana, que é fonte de potássio e evita câimbras.

Cardápios de açaí

Se você deseja abrir um negócio, uma açaiteria é uma ótima opção. O investimento inicial gira em torno de cem mil reais e o Sebrae possui um guia de orientações sobre como montar uma loja de açaí. Você deve ter em mente que um bom local deve ter um alto fluxo de pessoas, que possam ser o público do negócio, então instalar-se próximo a universidades, academias e centros empresariais é uma ótima opção. Também é possível se especializar somente em delivery.

Dica: nossos artigos sobre como fazer um plano de negócios e como escolher o nome para meu negócio podem ser muito úteis no momento de planejamento.

Lembre-se que para além de um cardápio amplo em frutas e complementos, o que vai conquistar a clientela é a qualidade do seu açaí. Portanto, entenda qual é o gosto do local e escolha os melhores fornecedores.

Para montar cardápios de açaí também é importante conhecer o gosto da clientela, pois o açaí é a base, mas a escolha dos acompanhamentos para açaí vai depender do que o seu público gostar mais. Além disso, se você tiver possibilidade de aumentar o cardápio, uma boa opção é vender também tapiocas, porque elas combinam com a proposta do açaí.

Armazenamento de acompanhamentos para açaí

Caso você vá montar uma açaiteria, os complementos deverão ficar expostos em recipientes próprios para acompanhamentos para açaí. É interessante investir em potes com tampas de acrílico, por exemplo, ou de aço inox, protegido por uma vitrine de vidro, porque eles permitem uma boa visualização do consumidor ao mesmo tempo que preservam os ingredientes.

Lembre-se que é fundamental ter frutas sempre frescas e frutas da estação. Os complementos que precisam de crocância - como a granola, castanhas, amendoim, etc - devem estar bem vedados e protegidos do ar. As caldas (como de morango, menta, leite condensado, etc) podem ficar expostas nos próprios potes originais - é importante, no entanto, marcar a data em que o pote foi aberto para garantir a qualidade sempre.

Acompanhamentos para açaí - Armazenamento de acompanhamentos para açaí

Açaí: lenda sobre a origem

Não podemos nos esquecer da origem amazônica do açaí e da diversidade de povos originários nessa região. Nesse sentido, a lenda do povo Itaki sobre a origem do açaí é muito interessante. Confira um resumo publicado no portal Xapuri Socioambiental[3]:

Diz a lenda que muitos e muitos anos atrás, na Floresta Amazônica, onde hoje existe a cidade de Belém, existia uma nação indígena muito populosa. Com o passar dos tempos, o grupo foi ficando tão grande que os alimentos, mesmo sendo fartos na região, começaram a faltar.

Foi então que o cacique Itaki, grande líder da tribo, teve que tomar uma decisão muito cruel. Para que não faltasse alimento aos mais velhos, Itaki resolveu que, a partir daquele dia, as crianças que nascessem seriam sacrificadas. E assim foi até que a filha do cacique, uma jovem chamada Iaçã, teve que sacrificar sua linda filhinha recém-nascida.

Desesperada, Iaçã chorava todas as noites de saudades da filhinha que não pôde criar. Depois de ficar vários dias enclausurada em sua maloca, Iaçã pediu ao deus Tupã para mostrar a seu pai uma forma de alimentar seu povo sem ter de sacrificar os pequeninos. Sensibilizado com a dor de Iaçã, o deus indígena decidiu mostrar outro caminho ao cacique Itaki. Em uma noite de lua cheia, Iaçã ouviu do lado de fora de sua oca o gungunar de uma criança. Ao olhar, viu que lá estava sua linda filhinha, sorridente, ao lado de uma palmeira. Iaçã correu rumo à palmeira e abraçou a filha que, misteriosamente, desapareceu no abraço da mãe. Inconsolável, Iaçã chorou a noite inteira, até desfalecer.

No dia seguinte, o corpo de Iaçã foi encontrado abraçado ao tronco da palmeira. No rosto, a moça triste trazia um semblante sereno, até mesmo feliz. Seus olhos negros fitavam o alto da palmeira, que estava salpicada de pequenos frutos escuros.

Interpretando a cena como uma bendição de Tupã, Itaki mandou apanhar os frutos. Com eles, foi possível fazer um forte e nutritivo suco avermelhado que dava para alimentar todo o povo de Itaki. Em homenagem à filha, Itaki deu à palmeira generosa o nome de Açaí, que significa Iaçã invertido. Desde aqueles tempos, lá pras bandas da Amazônia, a farturenta palmeira do Açaí alimenta o povo de Itaki e todos os povos indígenas da região.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Acompanhamentos para açaí, recomendamos que entre na nossa categoria de Comida e Bebida.

Referências
  1. PORTINHO, José Alexandre; ZIMMERMANN, Livia Maria; BRUCK, Mirian Rotnes. Efeitos benéficos do açaí. International journal of nutrology, v. 5, n. 01, p. 015-020, 2012. Disponível em: <https://www.thieme-connect.com/products/ejournals/abstract/10.1055/s-0040-1701423>. Acesso em 27 de agosto de 2020.
  2. GALVÃO, Roberta. "Açaí engorda no pré ou pós-treino?". Unimed Fortaleza. Disponível em: <https://www.unimedfortaleza.com.br/blog/alimentacao/acai-engorda-no-pre-ou-pos-treino>. Publicado em 02 de novembro de 2017. Aceso em 23 de novembro de 2020.
  3. XAPURI SOCIOAMBIENTAL. A lenda do Açaí, o fruto sagrado do povo de Itaki. Disponível em: <https://www.xapuri.info/news/a-lenda-do-acai/>. Publicado em 13 de maio de 2015. Aceso em 23 de novembro de 2020.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Acompanhamentos para açaí
1 de 3
Acompanhamentos para açaí

Voltar ao topo da página