menu
Partilhar

Como identificar manteiga estragada

 
Por Juliana Ribeiro. 12 julho 2022
Como identificar manteiga estragada

A manteiga é um alimento comumente consumido que, sempre em quantidades moderadas, é saudável pelo seu aporte de vitaminas e minerais. Não costuma faltar em nenhuma geladeira e é consumida tanto sozinha, em sanduíches e torradas, quanto ao incluí-la em várias receitas, especialmente doces.

Para mantê-la em boas condições, a manteiga deve ser armazenada no frio, em condições específicas, mas há muitas dúvidas sobre se deve ou não ser consumida após o prazo de consumo preferencial.

Se você não a consome diariamente (como deveria ser), você pode se perguntar se está boa ou não ao tirá-la da geladeira após vários dias ou semanas. Não se preocupe, porque neste artigo do umCOMO esclarecemos a questão de como identificar manteiga estragada.

A manteiga tem validade ou não?

Essa é uma questão controversa porque, antes de tudo, é preciso diferenciar a data de validade da data de consumo preferencial, que é a que aparece na maioria das embalagens em que a manteiga de vaca pasteurizada é vendida.

Conforme apontado pela Agência Espanhola de Segurança Alimentar e Nutricional (AESAN)[1], os alimentos não devem ser consumidos após o prazo de validade, mas os de consumo preferencial podem ser consumidos por um certo tempo, desde que não tenham sido abertos, que não apresentem deterioração em sua embalagem e que as condições de conservação tenham sido respeitadas.

Deve ser lembrado que a manteiga é um derivado lácteo, mas, diferentemente do leite ou dos iogurtes, possui um baixo teor de lactose em sua composição. Em vez disso, tem um alto percentual de gordura, não inferior a 80%. Essa gordura, que é um conservante natural, ajuda a manteiga a se manter em boas condições por muito tempo.

Em resumo, pode-se dizer que a manteiga não estraga após a data marcada em sua embalagem porque é uma data de consumo preferencial, embora, é claro, possa estragar devido ao armazenamento inadequado e também acabar se deteriorando se estivermos falando sobre longos períodos de tempo.

Como saber se a manteiga está ruim

Seguir as instruções relativas ao armazenamento e conservação da manteiga é a melhor forma de garantir o seu bom estado. Para saber se a manteiga está boa ou ruim, você deve observar as propriedades do próprio alimento, especificamente no que diz respeito à sua cor, cheiro e textura.

O teor de gordura da manteiga faz com que o ataque de microorganismos que geram mofo nela não seja frequente, mas é algo que pode acontecer.

Se você detectar essa situação, revela claramente que a manteiga está ruim e você deve jogá-la fora. Em outras ocasiões, saber se está ruim não é tão simples. Se você tem dúvidas se deve ou não consumi-la, algumas dicas que você deve ter em mente são:

  • Mudança de cor: se ao cortar um quadrado você vê um contraste claro entre o interior e o exterior, essa manteiga pode ter estragado. A cor anormalmente pálida (quase branca) ou, ao contrário, escura a marrom, também são sinais de alerta de um possível mau estado.
  • Cheiro rançoso: é um sinal fácil de reconhecer porque esse cheiro específico é produzido pelo processo de oxidação das gorduras, que já não estão em boas condições de consumo.
  • Textura: uma manteiga que não tenha, na geladeira, uma textura firme, que esteja desfeita, inclusive com partes líquidas, ou que esteja anormalmente dura e seca, chegando a rachar, pode não ser adequada para o consumo.

Pode comer manteiga vencida?

Sim, você pode comer manteiga vencida se entendermos por 'vencida' que a data de consumo preferencial já passou. Nesse sentido, essa data é importante para saber quando a manteiga vence porque, logicamente, a partir dessa data o produto começará a perder suas boas propriedades, mesmo que você possa consumi-lo ainda por um certo tempo.

A manteiga em geral é um produto de longa duração, como geralmente é indicado por sua data de consumo preferencial, que dão uma margem mínima de 6-8 meses. Nesses casos, desde que armazenada corretamente, você pode prolongar a data e comer a manteiga "vencida" por mais 1 ou 2 meses, embora deva se lembrar de três dicas:

  • Ao comprar manteiga, certifique-se de que a data de consumo preferencial esteja o mais distante possível da data de compra, para garantir a duração máxima em condições ideais.
  • Aplique o bom senso e observe o estado da manteiga (cheiro, cor e textura) no momento em que for consumi-la. Na dúvida, não arrisque, jogue fora.
  • Estamos falando de manteiga de vaca industrial (pasteurizada), não de manteiga caseira ou de outros tipos de manteiga.
Como identificar manteiga estragada - Pode comer manteiga vencida?

Como conservar a manteiga

Manter a manteiga em boas condições por muito tempo é simples, protegendo-a de fatores externos que causam sua deterioração, que são: luz, calor, mudanças bruscas de temperatura e ar, que favorecem a oxidação de suas gorduras.

A manteiga não se estraga mantendo-a fora do frigorífico durante algum tempo ou mesmo algumas horas para facilitar o uso ou para utilizá-la em uma receita culinária, desde que a temperatura ambiente não seja excessivamente elevada e que você coloque-a em um local protegido da luz e do ar.

Uma vez utilizada, a melhor forma de conservá-la é no frigorífico a uma temperatura que não ultrapasse os 8ºC (ou inferior a 0ºC, a menos que pretenda congelar). Deve ser sempre coberta com algum papel ou película protetora, embora o ideal seja colocá-la em um recipiente de vidro ou louça com tampa (manteigueira) para evitar o ar e o contato com outros alimentos.

Agora que você sabe se a manteiga estraga, e se você realmente gosta desse alimento, nós encorajamos você a experimentar estas receitas sobre Como fazer ghee caseiro ou manteiga clarificada e Como fazer manteiga de alho.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como identificar manteiga estragada, recomendamos que entre na nossa categoria de Comida e Bebida.

Referências
  1. As datas de «consumo preferencial» e de «vencimento» nas embalagens dos alimentos. Aesan - Agência Espanhola de Segurança Alimentar e Nutricional. Disponível em: https://www.aesan.gob.es/AECOSAN/web/para_el_consumidor/ampliacion/fechas_caducidad.htm

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Como identificar manteiga estragada
1 de 2
Como identificar manteiga estragada

Voltar ao topo da página