menu
Partilhar

Como escolher vinho

 
Por Marina Corrêa, Editora. 11 março 2021
Como escolher vinho

O vinho é um dos melhores presentes para quem gosta deste tipo de bebida. Tanto para levar quando você recebe um convite para jantar na casa de alguém como para presentear em uma ocasião especial ou para tomar em casa para relaxar, o vinho é uma boa opção e tem grandes chances de agradar. Entretanto, o problema, às vezes, mora no momento de fazer a escolha do vinho ideal. Existem muitos tipos de vinho, cada um adequado para uma situação e para diferentes gostos. Se você precisa de uma mãozinha quando o assunto é como escolher vinho, continue lendo este artigo do umCOMO.

Como escolher vinho para presentear

Se a sua ideia é escolher um vinho para presentear, em primeiro lugar você deve pensar no perfil da pessoa que receberá o presente. Deve ter em conta sua personalidade e gostos, só assim você poderá escolher algo que agrade a pessoa. Existem pessoas que gostam de vinhos mais secos, outras que gostam de vinhos doces, adiante explicaremos a diferença. Há quem prefira branco, há quem prefira tinto ou rosé. Tudo isso é importante na hora da escolha.

Como levar vinho de presente

Pode ser que você não saiba exatamente quais são as preferências do presenteado quando o assunto é vinho, mas você pode fazer uma relação com o café para acertar na hora de escolher um vinho para presentear.

  • Se a pessoa costuma tomar café forte, puro e sem açúcar, tente presenteá-la com um vinho mais intenso.
  • Se, ao contrário, a pessoa toma café suave, com leite e açucarado, você acertará com um espumante ou vinho doce. Também opte por estes tipos de vinho se a pessoa costuma beber coquetéis doces como piña colada ou mojitos.

Uma boa dica é visitar uma loja especializada em vinhos para fazer a compra. Normalmente, as pessoas que trabalham neste tipo de estabelecimento têm o conhecimento necessário para te ajudar a fazer a escolha. Pode até ser que a loja em questão conte com um sommelier na equipe, isto é, um profissional especializado quando o assunto é vinho.

Além disso, normalmente, as lojas especializadas têm condições de armazenamento ideais, o que garantirá a qualidade do vinho que você vai presentear e você poderá escolher entre uma ampla gama de preços, tipos e origens.

Lembre-se de não dar vinho de presente a uma pessoa que você não sabe se bebe ou não. Leve em consideração que existem casos de cultura, religião, doenças ou, simplesmente, gosto que fazem com que a pessoa não beba. Por isso, certifique-se antes de presentear.

Diferenças entre os tipos de vinho: classificação da doçura

A classificação de um vinho entre seco, meio seco, suave e doce está ligada a doçura do vinho e intensidade no paladar. Sendo o vinho seco o menos doce e o doce, como o próprio nome já diz, o mais doce. Esse é um fator superimportante de observar não só na hora de comprar vinhos para si mesmo, mas também quando você se pergunta como escolher vinho para presentear.

De acordo com o portal Vida e Vinho[1], durante a fermentação de um vinho, as leveduras consomem o açúcar natural do suco de uva, quando todo o açúcar é consumido as leveduras morrem. Mas, em alguns casos, é possível que as leveduras possam morrer antes de consumir todo o açúcar, quando o teor do álcool atingir os 15% ou quando o enólogo, isto é, profissional responsável pela produção do vinho, adiciona álcool extra na bebida ultrapassando os 15%.

A classificação dos vinhos de acordo com a doçura fica, então, da seguinte forma:

  • Secos: até 4g de açúcar por litro;
  • Semi-secos ou meio-secos: entre 4,1 e 25g de açúcar por litro;
  • Doces: 25,1 e 80g de açúcar por litro.

Para produzir um vinho meio-seco, o enólogo retira as leveduras antes de elas consumirem todo o açúcar ou adicionam suco de uva à bebida. Já os doces, podem ser feitos com uvas passificadas, isto é, colhidas após seu período ideal de maturação.

Como escolher vinho - Diferenças entre os tipos de vinho: classificação da doçura

Como escolher vinho com ajuda de um expert

Se você quer saber como escolher vinho pergunte a um expert na matéria. Ainda que os rótulos tenham a informação necessária, desde a procedência até o ano da safra, harmonização ou denominação de origem, sempre é melhor ser aconselhado por um profissional. Mas, se você não conhece nenhum especialista que possa te ajudar, tenha em conta os seguintes conselhos:

  • O ano da safra influencia na qualidade do vinho de maneira direta. As safras mais novas são menos ácidas, principalmente os brancos e rosés.
  • A cor do vinho indica seu estado e qualidade. Se o vinho tinto está com coloração castanha, pode ser que esteja oxidado. Se o branco está com uma dor dourada, puxando pro marrom, também está oxidado.
  • Não deixe de verificar no rótulo se é um vinho doce, suave, meio-seco ou seco.

O que faz um sommelier

O termo sommelier é originário da França, onde, na Idade Média, o carroceiro que fazia o transporte de pipas de vinho chamado sommier era responsável por provar a bebida antes de chegar ao reis e nobres da época. Por isso, os degustadores responsáveis por provar a bebida nessa época passaram a ser chamados de sommelier. Essa profissão foi regulamentada no Brasil pela Lei 12.467/11.

De acordo com a lei, são atividades de um sommelier:

  • Participar no planejamento e na organização do serviço de vinhos estabelecidos no artigo 1º da lei;
  • Assegurar a gestão do aprovisionamneto, isto é, abastecimento, e armazenagem dos produtos relacionados ao serviço de vinhos;
  • Preparar e executar o serviço de vinhos;
  • Atender e resolver reclamações de clientes, aconselhando e informando sobre as características do produto;
  • Ensinar em cursos básicos e avançados de sommelier.

Tipos de vinho

Outro conselho a se levar em consideração na hora de como escolher vinho é saber que esta bebida também pode ser classificada pelo corpo, isto é, eles se dividem entre leves, corpo médio e encorpados. De acordo com a Vinícola Campestre[3], o vinho leve é fácil de beber, e, por isso, consegue agradar diversos paladares. Sendo assim, se você está em busca de um vinho para presentear os leves podem ser uma boa pedida, já que abrangem um público maior.

Se você quer verificar essa informação pelo rótulo da bebida, você pode ver qual o tipo de uva usado na produção do vinho em questão. Algumas das comuns neste tipo de vinho são: Pinot Noir, Bornada, Gamay, Grenache, Pinotage e Cinsault.

Os vinhos encorpados, por sua vez, são mais densos, como o próprio nome indica. Neste tipo de vinho, os sabores duram mais tempo na boca e são mais marcantes. Os principais tipos de uvas neste caso são: Cabernet Sauvignon, Malbec, Merlot, Shiraz, Tannat e Tempranillo.

Se você vai presentear algum apreciador de vinhos ou se você gosta de um sabor mais marcante vale a pena apostar nos que são produzidos com estas uvas.

Harmonização de vinho

Se você foi convidado(a) para um jantar e vai levar um vinho para acompanhar, procure saber qual será o prato a ser servido, deste modo você poderá acertar na harmonização. Claro que a harmonização de vinho é complexa e requer muito estudo, mas existem conceitos básicos que vamos expor aqui, caso você queira combinar a bebida com um prato em um evento social.

O portal canadense Wine Folly[2] divulgou uma tabela que especifica a harmonização de vinhos com comidas e nós, do umCOMO, vamos facilitar abaixo como combinar comidas com vinhos para que o seu vinho dê match com o prato escolhido:

  • Vinho branco seco: vegetais e vegetais grelhados.
  • Vinho branco doce: queijo suave, queijo forte, carne curada e doces.
  • Vinho branco encorpado: queijo suave, carboidratos, peixes, frutos do mar e carne branca.
  • Espumante: queijo suave, queijo forte e peixe.
  • Tinto suave: vegetais grelhados, carboidratos, frutos do mar, carne branca e carne curada.
  • Tinto médio: queijo forte, vegetais grelhados, carboidratos e carne vermelha.
  • Tinto encorpado: queijo forte, carne vermelha e carne curada.
  • Tinto doce: carne curada, queijo suave e doces.

Criamos a tabela abaixo para facilitar a visualização. A cenoura representa os legumes, os cogumelos representam os legumes grelhados, o queijo brie representa os queijos suaves, o queijo parmesão, os fortes, o pão, os carboidratos, o caranguejo, os frutos do mar, o frango, as carnes brancas, o salame as carnes curadas e o donut, os doces. Salve a imagem para quando precisar consultar.

E, por falar em harmonização de vinhos com a comida, neste outro artigo você pode encontrar acompanhamentos perfeitos para comer com vinho.

Como escolher vinho - Harmonização de vinho

Vinho mais caro é sinônimo de qualidade?

Maior preço, mais qualidade? Não necessariamente. Existem muitos vinhos pouco conhecidos procedentes de adegas novas e denominações menos populares que podem ser mais baratos e, ainda assim, extraordinários. Permita-se experimentar coisas novas, você pode se surpreender. Informe-se bem sobre suas características e busque novos vinhos, mesmo que o preço seja inferior, você pode ter uma grata surpresa

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como escolher vinho, recomendamos que entre na nossa categoria de Comida e Bebida.

Referências
  1. VIDA E VINHO. 6 características básicas que definem os estilos de vinho. Disponível em: <https://vidaevinho.com/estilos-de-vinho-2/> Acesso em: 08 de março de 2021.
  2. WINE FOLLY. Basic Wine and Food Pairing Chart. Disponível em: <https://winefolly.com/tips/basic-wine-and-food-pairing-chart/> Acesso em: 08 de março de 2021.
  3. VINICOLA CAMPESTRE. Conheça as principais diferenças entre um vinho leve e um encorpado. Disponível em: <https://www.vinicolacampestre.com.br/blog/conheca-as-principais-diferencas-entre-um-vinho-leve-e-um-encorpado/> Acesso em: 08 de março de 2021.
Bibliografia
  • DE PÓS-GRADUAÇÃO, Curso. BEER SOMMELIER. Disponível em: <https://www.unifebe.edu.br/site/wp-content/uploads/2017/12/parecer9917-I.pdf> Acesso em: 08 de março de 2021.
  • LEI 12.467/11. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2011/Lei/L12467.htm> Acesso em: 08 de março de 2011.
  • REVISTA ADEGA. Você conhece os diferentes tipos de vinho? Tire suas dúvidas sobre a bebida. Disponível em: <https://revistaadega.uol.com.br/artigo/diferentes-tipos-de-vinhos-e-suas-caracteristicas_2593.html> Acesso em: 08 de março de 2021.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Como escolher vinho
1 de 3
Como escolher vinho

Voltar ao topo da página