Como fazer geleia de figo sem açúcar

Como fazer geleia de figo sem açúcar

As geleias não são apenas uma fonte rápida de energia para o nosso organismo, mas também uma maneira bastante efetiva de conservar os alimentos. Além disso, o sabor e seus múltiplos usos na gastronomia não passam despercebidos pela maioria das pessoas. Por isso, muita gente conta com pelo menos um vidrinho da geleia favorita na despensa.

No caso das frutas como os figos, cuja durabilidade é mais curta, a conservação da fruta em forma de geleia nos permite aproveitar seu sabor durante muito mais tempo, ao longo de todo o ano. Além disso, visto que nem todos os nutrientes se perdem durante o cozimento, podemos aproveitar cerca de 70% de suas vitaminas, 50% dos folatos e cerca de 75% dos retióides.

Se, apesar de todas essas vantagens, você ainda se preocupa com as altas concentrações de açúcares na geleia, no umCOMO vamos te ensinar como fazer geleia de figo sem açúcar e sem pectina e adoçantes. Além disso, vamos te dar dicas para que aproveite todo seu sabor natural da melhor forma possível!

4 convidados Entre 45 e 60 minutos Dificuldade baixa
Ingredientes:
Vai precisar de:
Passos a seguir:
1

Para fazer esta receita de geleia de figo sem açúcar, recomendamos que você compre figos bem maduros. Em qualquer tipo de compota ou geleia, é fundamental que as frutas estejam no ponto, nem muito verdes e nem maduras demais.

No caso específico dos figos, escolha os que estão com a casca enrugada ou com aberturas, pois isso indica que estão ótimos para consumo. A partir desse momento duram de 2 a 3 dias em boas condições, pois devido ao seu alto teor de açúcares, amadurecem muito rapidamente.

2

Tenha bastante cuidado com a higiene durante todo o processo. Elaborar qualquer produto em conserva requer seguir certos protocolos de limpeza imprescindíveis. Lave muito bem as suas mãos com água e sabão (por, no mínimo, 20 segundos) e limpe todos os utensílios que vai usar durante o preparo.

3

Esterilize um frasco de vidro. Mergulhe um frasco resistente a altas temperaturas com sua respectiva tampa em uma panela com água. Antes, verifique se a tampa está em perfeito estado: deve enroscar perfeitamente e estar isenta de ferrugem ou amassados. Ferva por 15-20 minutos. Passado esse tempo, retire os utensílios com uma pinça e deixe-os repousar de cabeça para baixo sobre papel absorvente.

4

Lave muito bem as frutas. Para fazer isso, coloque uma xícara de vinagre branco e três xícaras de água em um borrifador. Borrife a mistura na maçã e os figos, cerca de 6 vezes. Por fim, enxágue tudo em água corrente. No caso das maçãs, bastará apenas molhar um pouco as frutas para tirar bem a solução. Já os figos devem ser lavados com mais atenção e cuidado.

5

Corte os figos. Primeiro, remova as pontas e separe-as ao meio no sentido do comprimento. Em seguida, corte-os em cubos médios.

6

Despeje os figos em uma panela de base grossa. Reserve-os no recipiente e rale a maçã, juntando as raspas na panela.

As frutas contêm uma substância chamada pectina, mas nem todas têm a mesma quantidade. Esse composto é fundamental para o preparo da geleia, pois proporciona uma textura mais densa à receita. No caso dos figos, o teor de pectina não é suficiente, e essa deficiência deve ser compensada com pectina comercial ou natural. É por isso que usamos uma maçã, já que a casca da fruta concentra grandes quantidades da substância.

7

Adicione o suco de limão. O limão, junto com a pectina, enriquecem a textura da sua geleia de figo sem açúcar, proporcionando um aspecto gelatinoso.

8

Cozinhe em fogo de médio a baixo por 45 minutos. Mexa a geleia de figo a cada 10 minutos. Se notar que o preparo está muito seco, acrescente a metade da água e o resto somente se julgar necessário.

9

Experimente a geleia. Assim você saberá se ela está com o sabor que você gosta. Caso contrário, você pode adicionar o adoçante opcional que sugerimos, mas faça isso durante os primeiros 15 minutos de cozimento.

10

Certifique-se de que está com a consistência certa. Coloque um pouquinho de geleia de figo em um prato e vire: se não cair rapidamente, pode retirá-la.

11

Antes de conservar a geleia, você pode deixá-la como está ou triturá-la. Você também pode amassar os figos antes de cozinhá-los ou durante o cozimento.

12

Despeje a geleia de figo sem açúcar no recipiente de vidro. Deixe que a receita esfrie um pouco. Enquanto a geleia ainda está quente, encha o pote até o topo com uma colher, deixando cerca de 5 milímetros livres. Conforme você avança no processo, empurre bem o preparo para garantir que fique compacto, sem espaços vazios ou bolhas de ar, evitando a proliferação de bactérias patogênicas.

13

Feche o frasco hermeticamente. Certifique-se de que a tampa está rosqueando perfeitamente, e você pode usar um pano limpo para tornar o processo mais fácil para você.

14

Etiquete o frasco e guarde-o na geladeira. Anote a data da embalagem e o nome do produto. Você deve guardá-lo na geladeira pois, já que não contém açúcar, seu poder de conservação é menor. Dessa forma, você consegue armazená-lo em ótimas condições por um mês.

Se você quiser conhecer mais receitas fáceis sem açúcar ou mais receitas de geleias caseiras sem açúcar, nós te convidamos a acessar os links:

  • Como fazer suco de limão sem açúcar
  • Como fazer geleia de morango sem açúcar
  • Como fazer um bolo sem açúcar
15

Embora associemos as geleias a pães e sobremesas, seu sabor pode enriquecer muitos outros preparos. Pode ser que você já conheça alguma dessas aplicações, mas não outras. Tome nota e prepare pratos originais usando sua geleia de figo sem açúcar!

  • Carnes: qualquer tipo de carne, seja ela preparada na grelha, no forno ou assada, combina perfeitamente com os sabores do figo. É por isso que qualquer geleia vai dar um toque de mestre nesses pratos, incluindo sua geleia de figo sem açúcar.
  • Patê: as geleias mais indicadas para esse alimento são as preparadas a base de frutas ácidas, pois equilibram um pouco o sabor gorduroso do patê.
  • Queijos e saladas: a mistura de sabores salgados e doces proporciona receitas inesquecíveis. Por exemplo, você pode imaginar uma mesa de queijos com várias opções de geleias para degustar? É uma opção muito original para acompanhar essa geleia caseira de figo.
  • Peixes: você pode achar essa mistura um pouco estranha, mas se alguma vez tentar, garantimos que vai querer repeti-la muito mais vezes. Combine geleias de sabores cítricos com o peixe, pois os sabores vão casar melhor. Quer mais uma dica? Geleias de pimenta são deliciosas.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como fazer geleia de figo sem açúcar, recomendamos que entre na nossa categoria de Receitas.

Conselhos
  • Use 5 ml de suco de limão para cada 500 gramas de frutas.
  • Frutas com muita pectina: maçã, limão, laranja, tangerina, mirtilo, groselha, uva e marmelo.
  • Frutas com quantidade média de pectina: maçãs muito maduras, amoras, cerejas, toranjas, uvas, figos, peras, abacaxi e laranjas doces.
  • Frutas com baixo teor de pectina: pêssegos, damascos, nectarinas, morangos e framboesas.
  • A geléia de figo fornece diversos nutrientes: potássio, cálcio, vitamina A, entre outros.
  • A sucralose não só fornece sabor doce sem calorias, mas também melhora a aparência da geleia.
  • A Stevia funciona bem no forno mas não pega fogo, portanto, não é recomendada no preparo de compotas.
  • O figo tem uma grande quantidade de açúcares naturais, portanto, pode-se preparar a geleia sem adoçantes.
  • Esta receita rende 200 gramas de geleia.