Como fazer cerveja artesanal

Como fazer cerveja artesanal

A cerveja é uma das bebidas mais consumidas em todo o mundo, e bebida com moderação, tem o seu lugar dentro de uma dieta equilibrada. Fazer cerveja caseira é um entretenimento com muita tradição em países anglo-saxônicos, conhecida como "Homebrewing".

Para produzir cerveja necessita de tempo e principalmente concentração. Em umComo.com.br tentamos ao máximo simplificar-lhe a vida e mostrar-lhe passo a passo como fazer cerveja.

Fazer cerveja em casa pode ser algo divertido e fascinante. Descubra como fazer cerveja artesanal e não perca o nosso artigo sobre como fazer cerveja caseira.

Vai precisar de:
Passos a seguir:
1

A primeira coisa a fazer é moer o malte. É necessário abrir o grão de malte para expor o amido e otimizar a reação das enzimas sobre o amido. Nesta fase é necessário moer o grão mas não demasiado, deve encontrar um ponto intermédio, de modo a não ficar com o grão demasiado moído. A casca triturada dificultará a filtragem do mosto.

2

Em seguida temos a mosturação ou Brassagem. Nesta etapa deverá adicionar lentamente o malte moído à água, em uma proporção de 3 para 1. Isto é, como estamos usando 17 litros de água, serão aproximadamente 5 kg de malte. A água deve estar a 68º C, à medida que vai adicionando, mexa lentamente. Depois de misturados estes dois ingredientes a temperatura deverá baixar cerca de 3ºC. Esta mistura deverá descansar por mais ou menos 1 hora e 30 minutos numa panela tapada. Se a temperatura baixar até aos 63ºC deverá aquecer a mistura até atingir novamente os 65ºC, sempre que aquecer a mistura deve agita-la de modo para obter uma leitura mais precisa da temperatura. Passado 1 hora e 30 minutos tem que elevar a temperatura até aos 76ºC, isto deve demorar cerca de 5 minutos, é um processo que deve ser feito com o seu devido tempo, não deve fazer um aumento brusco da temperatura. Assim que forem atingidos os 76 graus, deixe repousar mais 10 minutos com a panela tapada. Deve ter em atenção os valores de pH, que nesta etapa devem ser próximos de 5,3.

3

A filtragem. Nesta etapa coloca-se a água e os grãos moídos resultantes da etapa anterior numa cuba filtrante. Deve adicionar cerca de 10 litros de água (a 76º C) a esta mistura de modo a fazer a primeira filtragem. Adicione agora os restantes 10 litros de água para finalizar o processo de filtragem do mosto. É recomendável um circuito que permita a circulação desta mistura, ou seja, a mistura deve sair e voltar a entrar dentro da cuba, de modo a otimizar a filtragem, no entanto a temperatura deve ser sempre constante.

4

O próximo passo é ferver o mosto. Leve o mosto ao lume, numa panela. Deixe levantar fervura e adicione o lúpulo. O mosto deverá ferver durante 1 hora e 10 min. Entre 15 a 20 minutos antes de acabar a fervura do mosto adicione uma pastilha Whirlfloc.

5

Nesta fase é importante voltar a medir o volume de mosto, mas principalmente a sua densidade que deverá ser mais ou menos de 1,050. Agite um pouco a mistura e deixe repousar durante 20 minutos com a panela tapada.

Depois do mosto repousar por 20 minutos, passe o mosto para outra panela ou diretamente para o fermentador. O próximo passo será o arrefecimento.

6

Nesta etapa tem de arrefecer o mosto. O arrefecimento ao contrário das outras etapas deve ser feito de forma rápida, por isso é recomendável o uso de uma serpentina de arrefecimento. Caso não tenha uma serpentina, pode fazer esta etapa utilizando um sistema de banho-maria, ou seja, com gelo mas sem que este entre em contato com o mosto. Pretende-se nesta fase que o mosto atinja uma temperatura de mais ou menos 20ºC.

7

A próxima etapa é a fermentação. Como fermentador pode usar um balde de plástico com torneira e tampa. Com o mosto no fermentador acrescente o fermento e feche bem o balde para que não haja fugas nem contaminação da cerveja. Deve usar um air-lock ou improvisar um com uma mangueira saindo da tampa do balde para um recipiente com água, deste modo permite a libertação do CO2 que é formado na fermentação sem que as impurezas entrem em contato com a cerveja. O fermentador deve estar num local onde a temperatura ambiente seja de mais ou menos 23 graus. O tempo de fermentação é normalmente de 6 dias, podendo variar. Se as temperaturas forem mais baixas a fermentação demorará mais tempo. Pode confirmar se a fermentação já acabou através de um controlo da densidade, que neste caso deverá ser de 1,010. Quando deixarem de se formar pequenas bolhas é sinal de que a fermentação acabou ou está quase a acabar.

8

Em seguida temos a maturação. Damos aqui como exemplo uma maturação feita em garrafa. Em cada garrafa de 1 litro adicione 5 gramas de açúcar, coloque um pouco de cerveja do fermentador dentro da garrafa e agite um pouco para dissolver o açúcar, cuidado para não criar espuma. Dissolvido o açúcar encha a garrafa e tape bem. Mantenha as garrafas a uma temperatura entre os 20 e os 23 graus por alguns dias. Por último, coloque as cervejas a uma temperatura de mais ou menos 7º C durante duas semanas. Estão prontas!! Já pode por fim saborear as suas cervejas.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como fazer cerveja artesanal, recomendamos que entre na nossa categoria de Comida e Bebida.

Conselhos
  • A higiene é fundamental. Na fermentação interagem muitos micro-organismos, por isso mantenha tudo limpo. Mantenha tudo o mais limpo possível.
  • A água deve ser mineral e engarrafada, ou filtrada. A água da torneira contém demasiado cloro o que afetaria negativamente o sabor da cerveja.
  • Alguns passos podem ser alterados. A cerveja pode ter variadíssimos sabores daí que o gosto pessoal seja um factor preponderante na sua elaboração.
  • Provavelmente a primeira vez que fizer cerveja não fará a sua melhor cerveja. Altere alguns dos ingredientes e tempos de preparação até chegar a uma cerveja que lhe agrade.
  • Produzir cerveja é algo bastante complexo, requer tempo, experiência e conhecimento.